Chegando em Roma: Il Vagamondo, Vaticano e Jantar

By  |  2 Comments

No dia 11, eu e a Alê usamos o sistema de ônibus e o Aerobus em Barcelona e seguimos para Roma de RyanAir. Pra quem não conhece, a Europa é cheia de empresas aéreas realmente Low Cost. Essas empresas operam normalmente aeroportos mais deslocados dos centros das cidades, mas há sempre uma forma prática de ir do aeroporto para o centro. O objetivo era chegar em Roma e ir ao hotel Il Vagamondo.

Compramos com antecedência de 2 meses e conseguimos preços de até 39 Euros por pessoa de Barcelona (El Prat) para Roma (Ciampino). Lembrando que esse é o preço “puro” da passagem, no site, cada coisa a mais que adicionar (malas de pesos diversos, escolher um lugar no avião, alugar um carro no destino, etc) vão ser inclusos na passagem.

Quando disse ali em cima “escolher um lugar” é bem isso. Nas empresas Low Cost, ao abrir o portão de embarque, o assento é livre.

Ryanair-02

RyanAir, empresa Low Cost de verdade

RyanAir é isso aí, apertado mas eficiente.

Quando compramos a passagem, optei por comprar também por comprar já por 8 Euros a passagem de ônibus de Ciampino para o centro da cidad. Besteira: Vale mais a pena comprar essa passagem ao chegar em Ciampino. Há muita oferta de empresas e ônibus que faziam o mesmo trajeto por 4 Euros. Ainda o ônibus que comprei, da Empresa Shuttle Bus, atrasou e perdemos uma bela hora no sol escaldante das três da tarde. Quando o ônibus chegou o embarque foi rápido e o ônibus nos deixou no centrão de Roma, no terminal de trens ou Termini.

Terminal de Trens e principal estação de Metrô de Roma

Terminal de Trens e principal estação de Metrô de Roma

Metrô

O metro em Roma é relativamente pequeno. Possui duas linhas A e B, um tanto maltratadas, mas bem fácil de usar. Máquinas automáticas em vários idiomas aceitam moedas, notas de euro ou cartão de crédito, com 3 Euros é possível comprar um passe válido para a rede de metrô ou ônibus por 100 minutos (independente de quantas vezes vai usar).

A observação fica no caso de se levar malas muito grandes e de rodinha: algumas estações não estão preparadas com elevadores ou rampas (!!!) então vai ser necessário força na hora de carregar malas escada acima ou abaixo em algumas estações. Procure pela indicação “acensore” para achar um elevador.

Il Vagamondo

Nosso Hotel/Albergue escolhido em Roma foi o “Il Vagamondo”. Um simpático albergue no 3 andar de um prédio (o elevador ajuda com as bagagens). Dotado de quartos para diversas pessoas e para casais, nossa grande suíte “Oceania” era decorada com temas Australianos, da Nova Zelândia e com cama e banheiro muito confortáveis. Tudo arrumadinho.

SImpática entrada do Il Vagamondo

SImpática entrada do Il Vagamondo

Suíte Oceania, excelente escolha no Hotel

Suíte Oceania, excelente escolha no Hotel

Lugar delicioso, banho bom na chegada para relaxar e muito espaço.

Lugar delicioso, banho bom na chegada para relaxar e muito espaço.

A localização também é boa, próxima ao Vaticano, Catedral de S. Pedro, Museu do Vaticano e a 3 minutos a pé da estação Otaviano da linha B, que praticamente dá acesso a toda zona turística em 15 minutos.

Maurizio, o dono, nos recebeu com muita cordialidade e nos ajudou com as malas. Nos deu a senha da Wi-fi (muito boa e rápida) e nos cedeu mapas e dicas de locais para comer. Neste dia, resolvemos por ficar ali no bairro e encontrar uma das milhares de cantinas do bairro pra comer. Cansados ficamos num vinho Moscato D’Asti e massas.

Maurizio, dono do Il Vagamondo, muito cordial, pronto a atender qualquer dúvida de seus hóspedes.

Maurizio, dono do Il Vagamondo, muito cordial, pronto a atender qualquer dúvida de seus hóspedes.

No dia seguinte, Maurizio nos mostrou o belo café da manhã que teríamos todos os dias: Suco de Laranja, Capuccino feito na hora, Croissants doces e de chocolate, Copa, Queijos, Torradas e frutas. Muito bem apresentados e bem saborosos.

Café da manhã no Il Vagamondo, energia para o dia-a-dia!

Café da manhã no Il Vagamondo, energia para o dia-a-dia!

Vaticano

Com um tempinho à noite sobrando, esticamos da rua do hotel até o Vaticano para uma reconhecida no ambiente, tudo vazio e imponente e uma idéia do que veríamos nos dias a seguir, ficamos só passeando e tomando um belo Gelatto para descansar e admirar a catedral de S. Pedro, nos preparando para os dias seguintes.. Não deixe de acompanhar aqui no Blog!

Catedral de São Pedro à noite no Vaticano, imponência.

Catedral de São Pedro à noite no Vaticano, imponência.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Comentários

Piloto, maridão da Alessandra Soncela. De vez em quando mete o bedelho e escreve alguma coisa sobre gastronomia e viagens! Afinal dividir nossas experiências com nossos visitantes é divertido!

2 Comentários

  1. janaina.oliveira.680@gmail.com'

    janaina.oliveira.680@gmail.com

    20 de junho de 2014 em 22:46

    Che bella citta. Viaggio a tutti di buona. Goldere di molto

  2. Pingback: Veneza: Frecciargento, Hotel Flora e Restaurante Ai Mercanti

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>