Paris: Champs-Élysées, Notre Dame e Pont des Arts

By  |  5 Comments

Seguindo o post anterior, foram tantas coisas para ver no mesmo dia que dividimos em dois Posts diferentes. Aqui a gente mostra um pouco da Avenida Champs-Élysées, da Catedral de Notre Dame e da famosa Pont des Arts. Tudo a pé ou de metrô, no melhor estilo europeu!

Champs-Élysées

Como muitas coisas em Paris, a Champs-Élysées é uma das mais conhecidas ruas do mundo. Apareceu em muitos filmes, comerciais, fotos. Saindo do Louvre em direção ao Arco do Triunfo, é possível passear por toda a rua e se encantar com sua gastronomia, moda, arte e história. É nessa avenida que todos os anos é feito um desfile para comemorar o fim da 1a guerra mundial.

Champs-Élysées, caminhada de 2km entre cinemas, restaurantes, bistrôs e lojas de luxo.

Champs-Élysées, caminhada de 2km entre cinemas, restaurantes, bistrôs e lojas de luxo.

A parte baixa da Avenida, mais próxima ao Louvre é tomada por prédios residenciais e cinemas, conforme subimos em direção ao Arco do Triunfo (são 2km de caminhada! Se prepare! rs), a rua é tomada por cafés, lojas de luxo e restaurantes. Não deixe de fazer uma foto em seu semáforo de pedestres e cuidado: o trânsito ali é rápido.

Paris

Visão do Arco do Triunfo tendo a Champs-Élysées ao centro e as avenidas secundárias que chegam ao arco.

Para chegar a Avenida, que é muito bem servida de estações de metrô, sugerimos as estações Concorde e Charles de Gaulle-Étoile. Em breve colocaremos um POST gastronômico sobre o que saboreamos ali.

Notre Dame

De volta ao metrô, agora até a estação RER com o mesmo nome da Catedral (Notre-Dame), chegamos a uma das mais antigas catedrais góticas do mundo: A Notre Dame (que significa “Nossa Senhora” em francês).

Paris

Imponência da Catedral de Notre Dame, a mais antiga igreja gótica!

Construída por volta de 1160, é interessante pois como a Sagrada Família, em Barcelona, esta também encontra-se de certa forma inacabada. Visitá-la tem de ser bem cedo, para que seja possível o ingresso. Eu e a Alê acabamos por chegar tarde, e fizemos apenas algumas imagens externas…fica pra próxima entrar e conhecer melhor.

Paris

Detalhe de um dos Portões de Notre Dame, conhecido como o “Portão do Julgamento”.

A catedral fica em uma ilha do rio Sena chamada Île de la Cité, um espaço romântico e que vale a pena passear e bater papo a pé.

Notre-Dame
6 Parvis Notre-Dame – Place Jean-Paul II, 75004 Paris, França

Pont des Arts

Saindo da Catedral em direção ao pôr-do-sol (Oeste), saia por qualquer um dos lados da Île e conte aproximadamente 2 pontes, e terá chegado à famosa Pont des Arts. A ponte original foi construída em 1802 e foi a primeira ponte de metal de Paris. No entanto, após anos de uso, danos causados por bombardeios na primeira e segunda guerra e diversas colisões com embarcações a ponte original ruiu, e foi substituída por uma de projeto muito semelhante e inaugurada em 1981.

Paris

Pont des Arts, essa é de 1981, a original colapsou na década de 70 após séculos de maus tratos.

Paris

Pont des Arts e seus cadeados, aplicando o peso de aproximadamente 60Tons na ponte, o governo e diversas ONGs pedem para que os turistas não façam isso.

Essa é a famosa ponte onde casais apaixonados colocam cadeados com seus nomes e arremessam a chave no Sena, como prova de amor. Nós do Vivendo Estilo desencorajamos essa prática, e damos razão a movimentos que desde que a moda começou, em 2008, tentam impedir essa prática. Hoje, o peso dos aproximadamente 700.000 cadeados já causaram a queda de parte do parapeito da ponte e são uma grande preocupação aos Parisienses.

Paris

Pôr do Sol na Pont des Arts e uma surpresa divertida…

Nossa visita à ponte foi uma surpresa, havia um show de jovens com uma banda de instrumento de sopro, fazendo várias músicas modernas de forma muito animada. Nem preciso dizer que as pessoas foram se reunindo e fechamos esse dia com um espetáculo à parte. Veja o vídeo:

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Comentários

Piloto, maridão da Alessandra Soncela. De vez em quando mete o bedelho e escreve alguma coisa sobre gastronomia e viagens! Afinal dividir nossas experiências com nossos visitantes é divertido!

5 Comentários

  1. janaina.oliveira.680@level3.com'

    JANAINA

    16 de outubro de 2014 em 22:46

    Astral super legal..,parece que em Sao Paulo comecaram uma ondinha de cadeados tb nao sei bem onde…

    • Fernando Soncela

      17 de outubro de 2014 em 19:53

      O astral é ótimo, mas os cadeados estão se provando nocivos pra ponte. Vamos fazer uma campanha pra turma parar de fazer isso mesmo aqui no Brasil, o peso e a poluição ambiental causada pela quantidade são muito sérios…

  2. carolmasseo88@gmail.com'

    Carol

    17 de outubro de 2014 em 01:19

    Fui só eu ou vocês tiveram a mesma impressão de que o arco está sempre pequeno e de repente na altura da cartier ele vira um monstro de grande??
    Parabéns pelo site.
    Beijos.

    • Fernando Soncela

      17 de outubro de 2014 em 19:52

      Mesmo de perto o arco engana, Carol. Só na hora de subir aquele monte de degraus e olhar cansadão a cidade lá de cima é que tivemos idéia da sua magnetude…rs.

  3. Pingback: Colônia: Mostarda, Museu do Chocolate, Ponte Hohenzollernbrücke

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>