Rio de Janeiro, Brasil

By  |  0 Comments

No nosso aniversário de casamento em 2013, resolvi fazer uma surpresa para a Alê e passar um dia no Rio de Janeiro para levá-la a lugares que eu conheci e gostei. Ela curtiu muito o presente, apesar de estar super gripada e de alguns fatos engraçados.

Fui alertado, um dia antes de viajar por um amigo de que o final de semana que reservei em Copacabana seria o mesmo em que o Papa viria ao Rio (cabeça de vento). Surpresas e olhares esbugalhados depois, resolvemos mesmo assim encarar a viagem e aqueles 2,5milhões de fiéis na praia para ver o Santo homem. Apesar de todo alvoroço não tivemos nenhum problema, e nossos dois dias no Rio foram muito agradáveis.

Copacabana pré Papa e...

Copacabana pré Papa e…

...Copabana pós Papa!

…Copabana pós Papa!

Utilizamos a ponte aérea da Avianca para fazer o trecho, que ocorreu de forma agradável e com apenas 35 minutos de voo. Preferi um voo que chegasse no aeroporto Santos Dumond pela proximidade com o centro e chegamos bem cedo. Tempo de deixar as malas no Hotel e partir pra apresentar um pouco do Rio pra Alê.

PortoBay

Sem opções de quartos no Copacabana Palace, optei pelo PortoBay, excelente hotel 4 estrelas, quarto e serviços muito bons, e a visão do quarto, por ser mais alto que o Copacabana, acabou sendo até mais legal. Com o sistema de segurança montado, somente hóspedes tinham acesso a calçada em frente ao hotel o que dessa forma deixou a estadia mais agradável. Um hotel em Copacabana tem a diária alta, mas compensa por que os funcionários resolvem qualquer coisa para você.

Topo do PortoBay Hotel, delicioso local para um drink e namorar...

Topo do PortoBay Hotel, delicioso local para um drink e namorar…

Morro da Urca e Pão de Açúcar

Uma corrida de R$ 20,00 de táxi nos levou até a base dos bondinhos, um interessante museu fica na base dos bondes, dependendo do horário é preciso ter alguma paciência com as filas e com alguns vendedores ambulantes, mas nada que estrague o passeio.

O Bonde tem dois estágios, o primeiro trecho conduz até o Morro da Urca, a primeira base e já um interessante museu dos antigos carros e das antigas máquinas que faziam o transporte dos passageiros desde o início, vale dar uma olhadinha no processo de construção.

Base do Bondinho vista do morro da Urca, ainda um trecho para subir até o Pão de Açúcar.

Dali pegamos o segundo trecho que sobe até o topo do Pão de Açúcar, dali em um dia de sol é possível ver todo o Rio, da Pedra da Gávea (de onde saem as asas-delta) até, mais ao norte, a cidade de Maricá. Local mandatório para muitas fotos e check-in em facebook e instagram…rs.

Chegamos ao topo! Pão de Açúcar!

Chegamos ao topo! Pão de Açúcar!

Marius Crustáceos

Na descida do bonde e do Pão de Açúcar, direto de táxi para a praia do Leme, onde estávamos prestes a saborear um dos melhores restaurantes de frutos do mar do Rio, o Marius Crustáceos. A decoração do restaurante é de partes de embarcações e casas de fazenda antigas. O cardápio ofereceu um buffet completo (sobremesas inclusas) com todo o tipo de frutos do mar. Camarão, lagostas, peixe, lula, saladas e carnes à vontade. Passamos a tarde inteira degustando as sugestões do chefe da casa. Para quem gosta de frutos do mar, esse é o lugar. Para voltar ao hotel, uma caminhada pela praia de Copacabana.

Marius Crustáceos. Decoração à parte.

Marius Crustáceos. Decoração à parte.

Corcovado

Mais táxi, metrô e chegamos ao trem que leva à base do Corcovado. Devido ao evento do Papa, muita gente, nossa sorte foi reservar os ingressos com antecedência. (Update: esse é o trem que hoje se encontra desativado devido a um pequeno acidente). O caminho mostra um pouco de todas as faces do Rio de Janeiro, é possível ao longe ver o Maracanã, comunidades pobres e muita natureza.

O trenzinho para o Corcovado, passeio relaxante.

O trenzinho para o Corcovado, passeio relaxante.

Já na compra online do ingresso este dá direito a ida e volta, mas programe-se para não deixar para voltar na última hora e esperar em uma fila imensa. É possível apreciar tudo que o Corcovado oferece em 2 horas de passeio. Prefira a parte da manhã, pois dependendo da quantidade de turistas e visitantes, pode ser impossível tirar uma foto a sós com o Cristo…rs.

Alê no Corcovado!

Alê no Corcovado!

Volta pra Casa

Passamos a noite no hotel e no outro dia cedo voltamos a São Paulo, com o mesmo serviço de ponte-aérea da Avianca. Para um passeio de um dia inteiro, foi possível ver um pouco de tudo. Quer saber mais coisas como preços e detalhes, poste um comentário aqui embaixo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Comentários

Piloto, maridão da Alessandra Soncela. De vez em quando mete o bedelho e escreve alguma coisa sobre gastronomia e viagens! Afinal dividir nossas experiências com nossos visitantes é divertido!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>